1. [obrigatório enquanto vigência da Resolução SS n° 96/2020]
  2. O local do evento deverá estar devidamente sinalizado sobre protocolos e normas estaduais e municipais referentes ao COVID-19.
  3. Os participantes deverão ser contactados pela organização após 3, 5, 10 e 14 dias questionando o aparecimento de algum sintoma, de forma a orientar sintomáticos que busquem atendimento médico e pratiquem isolamento social.
  4. Deverá haver preenchimento prévio por todos os participantes do questionário de Triagem de Situação de Saúde, que é a avaliação autorreferida sobre a presença atípica de sintomas sugestivos para Covid-19 nos últimos 07 dias (dor de garganta ou coriza, falta de paladar, falta de olfato, diarreia, dor abdominal, febre, calafrios, mialgia, fadiga e/ou cefaleia).
  5. [obrigatório enquanto vigência da Resolução SS n° 151/2021].] Só poderão participar do evento participantes e colaboradores com protocolo vacinal completo, ou com protocolo vacinal parcial desde que apresentem resultado negativo de RT-PCR para Sars Cov-2, realizado até 48 horas antes do evento, ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento. Pessoas com idade ainda não elegíveis para a vacinação deverão apresentar resultado negativo de RT-PCR para Sars Cov-2, realizado até 48 horas antes do evento, ou teste de antígeno realizado 24 horas antes do evento. Pessoas com idade elegível para vacinação que não se encaixem nos casos acima, terão sua participação impedida.
  6. Não deverá ser permitida a participação do participante ou colaborador que apresente sintomas sugestivos para Covid-19 no questionário de Triagem de Situação de Saúde. Orienta-se, nestes casos, a oferecimento de reembolso ou de participação em evento posterior.
  7. Todos os organizadores, participantes e staff deverão ter seus dados cadastrados para eventual rastreamento de casos. É imprescindível que os dados pessoais estejam corretos (nome completo, endereço ou CEP, CPF, telefone pessoal e e-mail pessoal), e que não haja cadastro de pessoas distintas com mesmo número de telefone para contato. Esse acompanhamento e coleta de dados deve ser aplicada de forma que garanta total sigilo e proteja as identidades e dados, segundo a LGPD.
  8. Todos os participantes deverão receber um manual prático e ilustrado com as “novas regras” de comportamento para participação em eventos de corrida, divulgados em e-mails, redes sociais e cartazes na área do evento, durante a prova e na chegada. Todos receberão as orientações previamente sobre uso correto de máscaras faciais e distanciamento social.
  9. [obrigatório enquanto vigência do Decreto Estadual 64.959/2020].Todos os organizadores, participantes e staff deverão usar máscaras obrigatoriamente em todas as áreas do evento, de acordo com regra estadual vigente.
  10. A entrega dos kits deverá ser realizada em local informado previamente e com horário marcado, e será feita por staff orientado sobre protocolos do evento.
  11. O verso do número de peito deverá conter os dados pessoais, as informações sobre fatores de risco de saúde e um contato de emergência para caso de necessidade.
  12. Os espaços comuns, como guarda-volumes, deverão ser organizados de forma a permitir o distanciamento entre os participantes e marcas no solo deverão ser feitas para estimular e garantir esse distanciamento nos locais de maior risco de aglomeração.
  13. Estruturas temporárias do evento deverão ser montadas de forma a serem ventiladas, evitando espaços fechados.
  14. Reuniões prévias ao evento deverão ocorrer com colaboradores, para explicitar e capacitá-los nos procedimentos de segurança, de acordo com o protocolo adotado para a realização do evento, assim como o reforço das medidas de higiene das mãos, distanciamento social, etiqueta respiratória e uso de máscaras.
  15. Deverá haver disponibilização física ou digital dos Protocolos e Documentos de orientação de procedimentos de segurança para colaboradores e expositores
  16. Todos os indivíduos devem ser orientados a manter pelo menos 1m de distância entre eles nas situações onde for possível.
  17. Deverá haver controle de acesso fracionado de público para acesso a área de banheiros químicos.
  18. O acesso aos espectadores da prova deverá ser desestimulado, assim como deverá haver medidas para evitar a presença de “pipocas”.
  19. Espaços fechados, como banheiros, inclusive químicos, deverão ser higienizados periodicamente durante o evento, com produto químico com ação antiviral adequada.
  20. Deverá haver disponibilização de pias com água e sabão para lavagem das mãos de organizadores, participantes e staff.
  21. Deverá haver disponibilização de álcool em gel 70% em quantidade e localizações suficientes para acesso adequado de todos organizadores, participantes e staff.
  22. Deverão ser posicionadas lixeiras com tampa e pedal, específicas para descarte de material potencialmente contaminado, devidamente identificadas e com sacola adequada.
  23. Deverão ser definidos pelotões de largada, de acordo com o tempo estimado para completar a prova, divididos em raias, respeitando o distanciamento social. A largada ocorrerá em ondas de atletas com espaços de tempo entre cada onda.
  24. Eventuais locais disponíveis para alimentação, como praças de alimentação, refeitórios e copas seguirão protocolos setoriais de restaurantes, com distanciamento apropriado entre cadeiras, evitando o consumo de alimento para pessoas que estejam em pé.  A alimentação deve ser realizada nesse ambiente.
  25. Os postos de Hidratação deverão ser montados em locais amplos, e disponibilizados com maior espaçamento para evitar acúmulo de corredores. As bebidas deverão ser dispostas sobre mesas higienizadas por equipe treinada e devidamente paramentada com EPI.
  26. Todas as bebidas nos postos de hidratação deverão estar em recipientes lacrados e fechados de fábrica.
  27. Deverá haver entrega de máscaras para todos organizadores, participantes e staff que estiverem com máscara molhada ou sem condições de uso.
  28. Deverão estar disponíveis, com estrutura adequada, postos de atendimento médico, organizados em tendas separadas para atendimento de casos suspeitos de falta de ar ou outros sintomas relacionados ao coronavírus. A triagem caberá à equipe médica e nos casos suspeitos de COVID- 19, o atendimento é de imediatamente isolar a pessoa e orientar a realização de isolamento domiciliar e testagem na rede pública ou particular de saúde com RT-PCR, bem como deverá ser orientado quanto à necessidade de atendimento médico especializado para diagnóstico e demais recomendações cabíveis.
  29. Com o objetivo de evitar aglomerações, logo na linha de chegada, os participantes deverão ser estimulados a se deslocar para locais de maior dispersão, de forma a não parar logo após a linha de chegada.
  30. A distribuição de medalhas deverá ser feita em sistema “self-service”, acompanhada por equipe treinada e devidamente paramentada com EPI, estando em recipientes lacrados e fechados de fábrica.
  31. A dispersão deverá ocorrer em espaço amplo, com placas de orientação e sonorização para agilizar o fluxo e evitar aglomerações, indicando saídas para os diversos pontos de estacionamento, locais variados de embarque de transporte particular e pontos de transporte público.
  32. Os resultados da prova deverão ser divulgados digitalmente. A classificação se dará pelo tempo líquido realizado na prova.
  33. Caso haja cerimônia de premiação, os troféus deverão ser previamente higienizados e colocados sobre o pódio de cada posição. Não há entrega manual de prêmios nem cumprimentos, cada atleta pegará seu próprio troféu e se posicionará para registro fotográfico.

O objetivo deste documento é a orientação para o retorno das atividades de eventos, buscando maior segurança em contexto de circulação do SarsCov-2, não havendo vinculação legal (obrigatoriedade) das cláusulas, exceto quando destacado obrigatoriedade e dispositivo legal da obrigatoriedade nas mesmas.